Adalberto Val estuda adaptações biológicas às mudanças ambientais, naturais e causadas pelo homem. Realizou seu pós-doutorado na Universidade da Columbia Britânica, no Canadá. É associado a várias sociedades científicas nacionais e estrangeiras, no âmbito das quais organizou mais de duas dezenas de eventos no Brasil e no exterior. Publicou mais de 130 trabalhos em periódicos nacionais e estrangeiros; mais de 20 capítulos de livros e foi organizador e autor de diversos livros, entre os quais se destacam Fishes of the Amazon and their Environment pela Springer Verlag (1995) e The Physiology of Tropical Fishes pela Academic Press (2006). Exerceu a função de Diretor do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia de 2006 a 2014 e de Diretor de Cooperação Internacional da CAPES entre 2015 a 2016. Atualmente coordena o INCT ADAPTA. Orientou mais de 70 alunos de Iniciação Científica e mais de 60 profissionais em nível de mestrado, doutorado e pós-doutorado. Em 2002, foi agraciado com a Comenda da Ordem Nacional do Mérito Científico (Classe Comendador) e, em 2013, com a mesma comenda na Classe Grã-Cruz. Em 2004, foi agraciado com o Prêmio Excelência da American Fisheries Society por sua contribuição científica na área de fisiologia e bioquímica de peixes. É bolsista de produtividade 1A do CNPq. Em 2005 foi eleito membro titular da Academia Brasileira de Ciências. Em 2008 recebeu a Grande Ordem do Mérito Legislativo do Estado do Amazonas, em 2014 recebeu o titulo de Cidadão do Amazonas, e em 2016 foi agraciado com o honroso prêmio Anísio Teixeira de Educação Superior.